Di Bonetti Cronica

Desde que eu era muito pequena, não me lembro de ter gostado tanto de um "DIA DA CRIANÇA".
E nem foi preciso presentes ou doces. Foi melhor que isso.
Alguém adulto começou uma simples brincadeira e alterou sua foto de perfil no Facebook colocando uma foto P&B da infância.
Escrevi no meu Facebook: "E VIVA o dia das crianças! Quero ver foto de todos aqui! Vamos lá gente, recordar quem continua impregnado em nós".
Um gostou da ideia e postou também sua foto quando criança. Pronto, um rastilho de pólvora se instalou na rede.
Todo mundo remexendo o baú de fotos antigas para buscar um mínimo registro que fosse daquele tempo em que as fotografias ainda não tinham cor.
Mas esse gesto não é algo tão simplista assim, é mais profundo do que ousamos imaginar, pois, nessa busca esteve envolvido um resgate de muitas outras lembranças. Ninguém tinha essas fotinhos separadas. Então o garimpo se transformou em retorno ao passado.
E a criatividade se fez presente. Colocaram perfil com espermatozoide, bichos e até jovens se tornando velhos da quinta idade. Tudo é válido. Pois, isso nos faz pensar e repensar. Mas foi uma ótima oportunidade. Parar um pouco no tempo e retroceder aos momentos em que éramos muito mais felizes e não tínhamos consciência.
Mas, o que também serve de alerta é que esse gesto aproximou a todos os "amigos" da rede. Nunca antes estive tão atenta a tantos perfis. Uma delícia ver tanta inteiração num só gesto. Um pequeno ato delicado que resgata, aflora, recupera, emerge a criança que existe dentro de nós.
Como diz o poeta Paulo Bomfim: "Um mosaico de encontros e revelações forma aquilo que somos" e mais: "Os homens serão tão iguais que um dia terão alma coletiva".
Acredito que estamos nesse momento de comunhão. Estamos pensando, sentindo, agindo e compartilhando em harmonia não somente nossas fotos, mas nossa identificação e essa comunhão nos trás uma proximidade afetiva que nos torna uma grande família.
E quem ainda não mudou seu perfil, ainda existe tempo, pois o mês de outubro todinho será dedicado a esse resgate do seu e do meu "DIA DA CRIANÇA".